fbpx
Conteúdo exclusivo sobre mercado imobiliário

DECORAÇÃO

5 dicas para um quarto com home office integrado

31/08/2020

5 dicas para um quarto com home office integrado

Já não é segredo para ninguém como o home office tem crescido nos últimos anos, seja em função do avanço tecnológico ou por questões econômicas e até de saúde.

Mas também existe uma outra tendência que tem crescido: a das casas e apartamentos cada vez menores, especialmente em regiões metropolitanas.

O encontro entre esses dois fenômenos coloca alguns desafios para os trabalhadores que terão de cumprir sua jornada, total ou parcialmente, dentro de casa.

Isso é ainda mais verdadeiro quando o desafio é trabalhar no próprio dormitório. Por isso escrevemos este artigo, com dicas sobre como integrar os dois ambientes sem que nenhum deles perca na funcionalidade ou no conforto.

O mais bacana é que as dicas servem para qualquer tamanho de quarto.

1.     Importância de planejar

Tudo começa com um bom planejamento, não é mesmo? Aqui não é diferente.

O primeiro passo é você determinar a metragem e a “localização” exata do escritório dentro do espaço de descanso.

Dificilmente você atingiria um bom resultado se simplesmente saísse comprando uma mesa, depois uma cadeira e os demais móveis. Antes é preciso fazer as medidas e levantamentos necessários.

Dito isto, a primeira grande dica é aproveitar a região da janela para a mesa. Assim você vai poder enxergar melhor e sentir-se menos confinado.

Além disso, também vai economizar luz durante o dia. Você pode até comprar uma luminária de vidro, por exemplo, mas a luz natural vai ajudar muito.

Para controlar a entrada de luz e não pecar pelo excesso, saiba que uma cortina ou persiana que permite controle de luminosidade cai como uma luva nessas horas.

2.     Pense bem na mesa

Como ficou claro, em termos de móveis tudo começa com uma boa mesa.

Realmente, é ali que você vai passar a maior parte do seu dia, exatamente como seria em uma estação de trabalho corporativa.

Alguns podem desanimar justamente neste ponto, por comparar o espaço do quarto com uma bancada de trabalho empresarial, e pensar que faltará espaço.

Mas a verdade (e a vantagem) é que você não dividirá o local com várias outras pessoas. Em alguns casos há funcionários que dividem a mesma estação com gente de outro turno até, mas esse não será o seu caso.

Então considere uma mesa menor, se for o caso, sem deixar de escolher uma que supra as reais necessidades de espaço. 

Depois as demais partes vão girar em torno dela, como nichos, armários e a própria cadeira.

3.     Escolhendo a cadeira

Depois da mesa, a cadeira é, sem dúvida, o aspecto mais importante. Isso se não tiver a mesma importância que a mesa, já que atinge até questões de saúde.

Não é novidade para ninguém que passar o dia todo em posição desconfortável pode trazer vários problemas de coluna a médio e longo prazo.

Portanto, é preciso pensar bem na hora de fazer esse investimento, e optar por um assento confortável e não apenas decorativo.

Há modelos que unem os dois elementos, como a cadeira charles eames com braço, que tem feito bastante sucesso nos últimos anos.

Se a questão for economia de espaço, há soluções do tipo cadeira desmontável para escritório. Assim, ao acabar a jornada você “recupera” um bom espaço do recinto.

4.     Prateleiras e afins

Além do planejamento e do conforto, a questão da funcionalidade do seu projeto home office vai depender em grande medida dos demais móveis.

O segredo aqui é saber investir em prateleiras, nichos e até armários planejados para quarto. Como se diz, não adianta fazer as “falsas economias”, que só parecem vantajosas na hora, mas com o tempo e o uso se mostram péssimas escolhas.

Então é melhor investir mais no planejado, na solução sob medida, e ter certeza de que a instalação vai atender seu caso específico.

Quando é assim, uma prateleira ou mesmo um simples nicho podem fazer mágica em termos de aproveitamento de espaço.

5.     Bônus: rotina e disciplina

E aí, olhando em volta já não há a sala do chefe, divisórias corporativas, carpete em placas para escritório e tudo o mais que compõe o espaço de uma empresa?

Para quem não estava acostumado ao home office, pode assustar. Mas a verdade é que se trata de uma experiência enriquecedora, desde que você tenha disciplina e força de vontade.

O ponto principal é que aqui você é seu próprio patrão. Afinal, mesmo que só esteja em casa por ordem de um superior, terá de fazer seus horários, sua rotina, sua alimentação e daí em diante.

Então valorize cada minuto, e não deixe de programar o seu dia ou mesmo a semana toda, fazendo uma agenda de todos seus afazeres.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.