fbpx
decoração com quadros

Tendência desde sempre: 4 dicas para decoração com quadros

É até difícil apontar quando a humanidade decidiu, pela primeira vez, enquadrar arte em molduras e pendurar nas paredes. Mas desde que a decoração com quadros começou, nunca mais saiu de moda. Sejam fotografias, pinturas, mapas, sejam até frases de efeito, os quadros expressam a personalidade do morador e criam um ambiente mais personalizado.

Neste artigo, selecionamos 4 dicas para facilitar a vida de quem quer investir em quadros para a decoração da sala, do quarto, dos banheiros, da cozinha, enfim, da casa toda! Boa leitura!

1. Descubra o seu estilo

Antes escolher os quadros que vão decorar sua casa, dedique uma parte do seu tempo para avaliar o que você realmente quer. Pode parecer uma bobeira, mas muitas pessoas se deixam levar por modismos e imagens de redes sociais ou apenas imitam as escolhas de outros.

Isso é um grande erro: os melhores quadros são aqueles que expressam quem você é. Para entender melhor, busque inspirações de fontes diferentes, realizando pesquisas por sites e galerias de arte, por exemplo. Entenda o que combina mais com você e, quando tiver um bom volume de ideias, categorize-as por tipo, cor, formato ou o que mais fizer sentido para você.

Com uma definição mais clara e materializada do que deseja, todo o resto fica mais fácil. E, claro, essas escolhas não serão escritas na pedra: é bem esperado que mudem ao longo do caminho. No entanto, ajuda muito ter um ponto de partida.

2. Acredite no potencial das molduras

Além do conteúdo dos quadros, as molduras também são bastante importantes! A escolha de uma moldura pode mudar significativamente o que a arte no quadro exterioriza para quem o vê. E para realizar essa definição, além de considerar o seu estilo, é preciso avaliar como ficará o resultado final.

Uma sugestão aqui é investir em molduras de larguras, cores e estilos diferentes, especialmente quando a ideia for criar uma gallery wall, que são as paredes com muitos quadros diferentes pregados. Outra dica é considerar sempre o paspatur, que, além de proteger a obra, pode dar ainda mais destaque a ela.

3. Planeje tudo antes de furar as paredes

Uma dica muito importante é fazer um bom planejamento antes de começar a furar as paredes, a fim de evitar trabalho extra caso mude de ideia no caminho. Escolha onde colocar cada quadro, defina com exatidão o espaçamento entre eles e, se ajudar, fixe-os de maneira provisória para visualizar a disposição adotada.

A decoração com quadros não é muito difícil de ser executada, mas isso não significa que não possa haver dúvidas ao executá-la. Portanto, só comece a furar e fazer modificações na casa quando tiver clareza de como vai ficar.

4. Não se limite a pregar quadros na parede da sala

Pregar quadros na parede da sala ou do quarto é comum, algumas vezes até demais. Tenha em mente que as possibilidades para esse elemento na decoração são muito maiores. Nada impede que suas melhores fotos de viagem estejam expostas no banheiro, ou então que quadros com páginas arrancadas dos seus livros de receitas se transformem em um recurso para decorar a cozinha.

Além disso, os quadros não precisam nem mesmo ser pregados na parede. Molduras maiores com arte ou até espelhos ficam muito bem quando estão apenas encostadas no chão e na parede, ainda que seja recomendável fixá-las de alguma forma. Outra opção é deixar os quadros em prateleiras, mesas e escrivaninhas.

E para quem quer inovar, é possível utilizar os quadros como um elemento que se integre ao chalkboard na decoração, que são quadros de giz superversáteis para incrementar o visual da casa.

Gostou das nossas dicas de decoração com quadros? Aproveite o embalo para aprender sobre como funciona e quais as possibilidades do jardim vertical na sua casa!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.