fbpx
fazer mudança

Chegou a hora de fazer mudança? Veja o que considerar!

Não dá para ignorar os sinais: quando nossa casa já não atende nossas demandas, a melhor decisão é se preparar para fazer mudança e encontrar um novo local para viver. Por mais que a ligação afetiva com o lar seja forte, chega uma hora em que mudar é preciso. 

São muitas as razões que encorajam uma mudança: a família crescendo, uma oferta de emprego em outro lugar, a efetivação do sonho da casa própria ou até a busca por uma qualidade de vida melhor. Neste artigo, vamos ajudar quem está na dúvida sobre fazer mudança ou não e o que levar em conta neste momento importantíssimo da sua vida. Boa leitura! 

Identifique o que mudou na sua vida desde a última mudança 

Quando a mente começa a devanear sobre uma mudança, a primeira e mais importante pergunta que deve ser feita a si mesmo é essa: o que mudou em sua vida desde sua última mudança? 

Muitas vezes percebemos que, quando o apartamento atual foi escolhido, você tinha um emprego na mesma região. Ou então ele foi a melhor opção porque era o ideal dada sua condição financeira na época. Pode ser que a decisão da mudança anterior tenha sido tomada por fatores que não são mais relevantes ou, pelo menos, deixaram de ser tão importantes. 

As mudanças mais significativas ainda acontecem quando a família muda de tamanho — seu casamento, um divórcio, o nascimento de um filho ou a maturidade de outro, que já pode morar por conta própria. 

apartamento ideal de ontem pode não ser mais a casa certa para você hoje. Ao refletir como sua vida mudou nos últimos meses ou anos, é possível entender se é mesmo a hora de se mudar ou se vale a pena esperar um pouco mais. 

Avalie os principais problemas na sua casa atual 

Problemas e desconfortos com a atual moradia também são sinais importantes que revelam que o momento de organizar mudança chegou. Nossa casa deve ser sempre um local de conforto e aconchego. Quando ela tem muitos problemas, a sensação é parecida com a de usar um sapato muito apertado: um sofrimento constante que vai piorando à medida que os calos aparecem. 

Uma infestação de cupins que nunca acaba já é um bom motivo para procurar outra casa. Além dos prejuízos causados pelo rastro de destruição desses insetos, as dores de cabeça da longa batalha contra eles uma hora se tornam insuportáveis. O mesmo vale para infiltrações, problemas elétricos, mofos e outros antagonistas comuns em residências. 

Vizinhos barulhentos ou um aumento na criminalidade local também pesam na decisão de se mudar. O desgaste emocional de noites mal dormidas por um som alto ou pelo medo constante não compensam. 

Também é necessário considerar problemas do condomínio que nunca terão solução, como a ausência de áreas de lazer, um prédio sem elevador, instalações hidráulicas obsoletas ou até problemas com vagas e estacionamento. 

Mapeie as necessidades e desejos da sua família 

Por fim, é sempre interessante ter uma visão clara do que seria uma casa perfeita para atender todas as necessidades e desejos da sua família. Sonhar grande não custa um centavo a mais que sonhar pequeno, portanto, vale a pena elencar tudo que você almeja — closet espaçoso, piscina, uma adega ou um jardim, por exemplo. 

Nem sempre nosso orçamento pessoal permite que esses sonhos sejam realizados agora, mas, talvez, já seja hora de conquistar pelo menos uma parte deles. Então, é hora de fazer mudança! 

Quer acompanhar mais conteúdos legais sobre morar bem e qualidade de vida? Assine nossa newsletter agora mesmo e fique por dentro! 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.