fbpx
Gestão financeira pessoal

5 erros de gestão financeira pessoal que você precisa evitar

Realizar uma gestão financeira pessoal é fundamental para evitar descontroles ou imprevistos com as finanças. Isso poderia provocar um endividamento e impedir, por exemplo, que você realize os seus sonhos, como comprar um imóvel, carro ou fazer uma viagem.

Para isso, é essencial dar uma atenção especial ao que pode atrapalhá-lo a conquistar os seus objetivos. Com um planejamento eficiente, felizmente, é possível ter um melhor gerenciamento dos seus gastos e do orçamento, mas é fundamental ser organizado e ter força de vontade para alcançar as suas metas. 

Continue a leitura a seguir e confira quais são os 5 erros de gestão financeira pessoal que você precisa evitar agora mesmo!

1. Comprometer o salário antes de recebê-lo

Um erro bastante comum de muitas pessoas em relação ao orçamento é comprometer o salário antes mesmo de ter o dinheiro na conta. Isso ocorre quando você decide fazer compras a prazo ou promessas de pagamento.

O ideal, por outro lado, é recebê-lo e reservar a quantia exata das suas despesas. Além disso, guardar parte do dinheiro mensalmente em uma poupança, por exemplo, também é uma ação inteligente e que pode favorecer as suas finanças. 

2. Abusar do uso do crédito

Quando mal utilizado, o cartão de crédito pode se tornar um verdadeiro vilão para as suas contas pessoais. O indicado é realizar as compras sempre à vista, mesmo que seja preciso juntar o dinheiro para adquirir algo que deseja. 

O uso constante do crédito ou do parcelamento mantém as suas contas comprometidas por muito mais tempo. Inclusive, em alguns casos, você ainda arcará com os juros que elevam o valor original das compras. 

3. Gastar mais do que ganha

Outro erro comum é gastar mais do que você ganha mensalmente. Essa ação pode fazer com que seja preciso pedir dinheiro emprestado para conseguir pagar todas as contas. A prática leva facilmente ao endividamento e à inadimplência, dificultando o comprometimento com as necessidades do seu orçamento.

Para evitar a situação, você pode elaborar uma planilha com todos os seus gastos essenciais e reservar parte da quantia para a poupança ou para adquirir um bem, como um imóvel. Uma das únicas maneiras de impedir o problema é se organizando e mantendo o equilíbrio nos gastos. 

4. Não definir prioridades

Se o seu sonho é adquirir um bem de alto valor, saiba que é fundamental definir prioridades no seu orçamento. Sem isso, dificilmente você conquistará os seus objetivos e as metas e ainda pode correr o risco de não conseguir arcar com todas as suas despesas básicas, como transporte e alimentação. 

Portanto, o recomendado é poupar sempre que possível e guardar o dinheiro que sobra para comprar o que se deseja no futuro.

5. Deixar de utilizar uma ferramenta de gestão financeira pessoal

Uma ferramenta de gestão financeira pessoal é essencial para se organizar de forma realista, de acordo com os seus ganhos. Deixar de gerenciar o seu dinheiro pode trazer inúmeros problemas, além de ser um ato falho para todo o orçamento. 

Atualmente, existem plataformas e tecnologias que facilitam essa tarefa. Uma boa notícia é que algumas opções são gratuitas e estão disponíveis online, auxiliando-o a ter mais economia e um melhor controle da sua movimentação mensal.

Para manter uma gestão financeira pessoal adequada, é imprescindível implementar ações para evitar que os erros citados ocorram. Isso pode, inclusive, aumentar consideravelmente as suas chances de alcançar todos os seus objetivos financeiros no futuro. 

Gostou do conteúdo? Aproveite e deixe o seu comentário no post para contribuir para o debate sobre o assunto!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.