fbpx
organização de brinquedos

Organização de brinquedos: 11 dicas para manter tudo em ordem

Com as crianças em casa, o risco de ter brinquedos espalhados por todos os cômodos é imenso. Não que os pequenos não possam brincar à vontade, mas convenhamos: um mínimo de arrumação faz bem para a saúde mental dos pais e irmãos mais velhos. Sem falar que previne, até mesmo, a ocorrência de acidentes domésticos. Por isso, a organização dos brinquedos deve fazer parte da rotina familiar.

Para ajudar, listamos 11 dicas práticas e simples. Siga as orientações e veja como manter tudo em ordem!

1. Defina o local das brincadeiras

A gente sabe que, na prática, não dá para limitar as brincadeiras a um único cômodo. Ainda assim, é importante definir alguns espaços nos quais a diversão seja liberada. Além do próprio quarto, a varanda (equipada com redes de proteção) costuma ser um bom local.

Já se o imóvel tiver algum cômodo sem uso, vale a pena transformá-lo em uma brinquedoteca. Mas nada de fechar as portas e deixar o ambiente de pernas pro ar.

Seja onde for, as crianças precisam aprender a guardar os pertences ao final das brincadeiras. Isso as ajuda a criar noções de responsabilidade.

2. Instale nichos e prateleiras

Nichos e prateleiras permitem aproveitar o espaço vertical, otimizando a área dos cômodos. Além de livros e DVDs, eles podem abrigar brinquedos mais delicados (como eletrônicos), os protegendo de possíveis danos.

Mas atenção: evite deixar os brinquedos favoritos no alto. Quanto mais acessíveis eles estiverem, menor o risco de quedas e outros acidentes.

3. Use caixas organizadoras

Escolha caixas organizadoras de tamanhos variados e separe os brinquedos por tipo. Para facilitar o dia a dia, prefira caixas transparentes. Assim, fica mais fácil saber onde cada brinquedo se encontra.

Já para as crianças pequenas, prefira cestos sem tampa. Isso facilita o acesso aos brinquedos sem necessitar de ajuda, estimulando a autonomia.

4. Opte por armários com travas

As travas ajudam a manter os armários fechados, com seu conteúdo “a salvo” das crianças. Trata-se de uma boa solução para guardar materiais de educação artística — os quais, quando usados sem supervisão de um adulto, podem resultar em manchas por todos os lados.

5. Invista em móveis próprios para crianças

Os móveis do quarto da criança podem ser lúdicos e multiusos. Peças com design montessoriano, por exemplo, deixam tudo ao alcance dos pequenos, permitindo que explorem seu espaço com segurança.

Já para quem tem pouca área livre, aproveitar a estrutura da cama é imprescindível. Para isso, você pode usar uma cama box com baú, uma cama com gavetões ou colocar caixas organizadoras no vão livre embaixo das camas tradicionais.

6. Utilize brinquedos como decoração

Bonecas, bichos de pelúcia e carrinhos são bons exemplos de brinquedos que podem ser usados como objeto de decoração. Para isso, deixe-os bem-arrumados e sempre à mostra, seja em cima da cama, sobre a cômoda ou em nichos e prateleiras.

Outra ideia bacana é aproveitar os desenhos das crianças para decorar uma parede do quarto. Para um visual harmônico, escolha molduras iguais e pendure-os formando uma composição.

7. Seja criativo quanto aos acessórios

Você pode pendurar ganchos com sacolas de tecido atrás das portas e colocar miudezas. Lápis de cor, canetinhas, tintas guache e materiais do tipo podem ser organizados em baldinhos sobre a escrivaninha.

Cestos de roupas, por sua vez, podem ser usados para guardar ursos de pelúcia grandes. Já bacias são boas para guardar bolas. O visual fica supercolorido, deixando a decoração ainda mais lúdica.

8. Crie uma rotina de organização dos brinquedos

Comer, descansar, fazer a higiene pessoal e brincar são os principais afazeres da primeira infância. Mas a organização dos brinquedos também precisa fazer parte dessa rotina. Assim, defina um horário do término das brincadeiras ou a “hora de guardar”.

Para que elas entendam a importância de manter seus pertences organizados, mostre que isso ajuda a ter mais espaço livre para correr, pular e se divertir. Além disso, evita que seus brinquedos se percam em meio à bagunça.

9. Não misture os brinquedos

A maioria dos irmãos compartilha o mesmo quarto, mas para assegurar a harmonia, é melhor que cada um organize seus pertences separadamente. Uma maneira prática e eficiente é deixar as gavetas e prateleiras mais baixas para o menor e os espaços mais altos para o mais velho.

10. Exercite o desapego desde cedo

As crianças crescem e os gostos mudam. Por isso, é fundamental que aprendam a separar os brinquedos que já estão sem uso há algum tempo.

Ensine-as que coisas deterioradas e sem conserto devem ir para o descarte e, aquelas em bom estado, para a doação. Mas para evitar brigas, não faça isso sozinho.

Deixe-as participar do processo e explique, quantas vezes forem necessárias, a importância do desapego. Mostre que é preciso ajudar o próximo e, ao mesmo tempo, abrir espaço para a chegada de coisas novas!

11. Cuidado após datas comemorativas

No aniversário, Natal e outras datas comemorativas, as crianças costumam ganhar diversos presentes. Se você mora em um apartamento pequeno, existem duas possibilidades:

  • avisar os parentes e amigos que não precisam se preocupar com presentes — o que pode deixar alguns ofendidos;
  • guardar os presentes nas próprias embalagens e ir entregando aos poucos, inclusive, para aumentar o interesse em cada um.

Se achar ambas as alternativas difíceis, não desanime. Caso julgue necessário, combine o seguinte critério: para ganhar um brinquedo novo, um usado deve sair.

Para concluir, é muito importante que as crianças façam parte do momento da organização. Os adultos não devem bancar os “magos da faxina”, que aparecem quando os pequenos dormem e fazem com que tudo esteja na mais perfeita ordem na manhã seguinte.

Assim, quanto mais dicas vocês conseguirem colocar em prática, melhor será para toda a família. Aproveite e faça desse momento uma grande brincadeira! Aos poucos, a organização dos brinquedos se tornará mais uma atividade corriqueira. Só não esqueça de dar o exemplo: pais e irmãos mais velhos também devem ser disciplinados com a arrumação dos próprios pertences.

Gostou do post? Esperamos que tenha sido bastante útil. Caso queira ver mais dicas para o lar, assine nossa newsletter!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.