fbpx
Conteúdo exclusivo sobre mercado imobiliário

DICAS

O que fazer em casa no período de quarentena?

17/06/2020

O que fazer em casa no período de quarentena?

Uma das frases mais ouvidas nos últimos tempos é: se puder, fique em casa. Isso porque a adoção de um período de quarentena está entre os cuidados com o coronavírus mais recomendados pelos órgãos de saúde. 

No entanto, o isolamento social implica em uma série de mudanças na rotina das famílias. Se antes cada um tinha seus compromissos, agora todos passam o dia inteiro juntos, confinados. Assim, é preciso juntar forças para dar conta do trabalho remoto, acompanhar as aulas online dos filhos, fazer as tarefas da casa (com atenção máxima à higiene) e, não menos estressante, lidar com o medo gerado pela doença em si.

De fato, são muitas demandas. Para ajudar, reunimos algumas medidas simples, mas eficientes, para amenizar a fase de isolamento. Coloque-as em prática e lembre-se: vai passar!

A importância do período de quarentena

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), na ausência de vacinas e medicamentos comprovadamente seguros, as medidas de distanciamento social são indispensáveis. Sem elas, a pandemia evoluiria drasticamente e levaria os sistemas de saúde — já sobrecarregados — ao colapso, aumentando ainda mais os óbitos.

Por isso, o período de quarentena é essencial no combate à COVID-19. Sua justificativa consiste em minimizar a disseminação do novo coronavírus (SARS-CoV-2), de modo a achatar a curva epidêmica.

Atividades para fazer no período de quarentena

Desde que seja em casa, vale tudo para aliviar o período de quarentena. Para se inspirar, veja algumas opções!

Organizar guarda-roupas e companhia

Organizar guarda-roupas, armários, cômodas, estantes e outros móveis é organizar a vida. Caso esteja sem vontade para começar, inspire-se na série Ordem na Casa com Marie Kondo, disponível na Netflix.

Você também pode mudar alguns móveis de lugar. Experimentar novos layouts, a partir dos mesmos elementos, pode transformar os ambientes.

Desapegar e fazer boas ações

Após a organização, muita coisa será descartada. Aproveite para separar o que não usa mais para a doação (caso esteja em bom estado) ou descarte.

Uma boa dica é verificar se a prefeitura da sua cidade está arrecadando donativos em algum ponto fixo. Em diversos municípios, eles podem ser entregues sem sair do carro (drive-thru).

Brincar com a família

Fazer brincadeiras entre pais e filhos, como jogos de tabuleiros que agradam a diferentes faixas etárias, é algo que as pessoas dificilmente fazem no dia a dia. Isso ocorre nas férias e olhe lá. Que tal apostar nessa atividade para passar o tempo?

Ao término, reúna a família para guardar as peças e colocar tudo no seu devido lugar. Além de educativo, quando feita em boa companhia, até o momento de arrumar a bagunça pode se tornar divertido!

Cuidar dos animais

Caso tenha animais de estimação, dedique mais tempo às brincadeiras. Se for preciso levá-los para dar uma voltinha diária, para fazerem suas necessidades, use máscara e mantenha distância de outras pessoas. Ao voltar para casa, além dos cuidados de higiene já conhecidos, não esqueça de limpar as patas dos pets com água e sabão.

Cozinhar mais

Independentemente de como vocês se alimentavam antes do período de quarentena, agora é preciso preparar as próprias refeições. Afinal, comer pratos prontos congelados ou pedir comida por delivery todos os dias não é nada indicado.

No dia a dia, dê preferência a pratos saudáveis e fáceis de fazer. Porém, de vez em quando, faça as receitas favoritas da família. Os fins de semana são boas ocasiões para os menus mais caprichados, assim como churrascos na varanda.

Aproveitar a diversão virtual

Jogar videogame, assistir a filmes e séries é um clássico nos roteiros sobre como passar o tempo em casa. Escutar música e dançar, aproveitando as lives dos seus artistas favoritos, também! Outra possibilidade é visitar museus virtualmente, como o Louvre, em Paris, o MASP, em São Paulo, e muitos outros mundo afora.

O importante é não passar o dia todo sentado. Levante-se para alongar e fazer pequenas caminhadas em intervalos regulares.

Atualizar seus conhecimentos

Caso tenha tempo sobrando, faça cursos online. Você pode preencher as horas vagas aprendendo algo que sempre desejou, como uma língua nova. Essa é uma época excelente para estudar e ler mais. Escrever um diário, para desabafar e organizar as ideias, também pode ser bacana.

Trabalhos manuais, como pinturas, crochê ou, até mesmo, costurar máscaras de pano (para quando precisar sair de casa) são outras atividades ótimas. Porém, como já foi dito, evite ficar sentado o dia inteiro.

Comemorar as datas especiais

Aniversários merecem ser comemorados, com direito a bolo e chamadas de vídeo com amigos, vizinhos e familiares! Aliás, isso também vale para conversar e matar a saudade de quem está longe sempre que possível.

Se cuidar mais

Tome um pouco de sol, mesmo que sejam apenas alguns minutos, na varanda do apartamento. Além disso, mantenha uma rotina de exercícios físicos, adaptando-a ao espaço disponível em casa, bem como improvisando equipamentos. Reserve, ainda, um dia e horário semanal para os cuidados com a pele, cabelos e unhas.

Cuidados relacionados à saúde mental

O bem-estar mental e psicossocial é uma das principais preocupações da OMS em relação às consequências indiretas da pandemia. A instituição alerta para os riscos do consumo de álcool para lidar com as preocupações ligadas ao período de quarentena, assim como o uso de tabaco e outras drogas.

Dormir bem, estabelecer um horário para levantar e tirar o pijama durante o dia, por outro lado, colaboram para a manutenção da saúde mental. Ao mesmo tempo, medite, faça técnicas de relaxamento e/ou ore.

Também é importante ser grato: só o fato de estar vivo e saudável é um ótimo motivo para expressar gratidão. E não deixe de traçar alguns planos para o futuro, como uma viagem dos sonhos, para realizar depois da pandemia.

No entanto, caso sinta necessidade, procure ajuda especializada. Muitos psicólogos e psiquiatras continuam atendendo, por meio de consultas online.

Medidas para diminuir a ansiedade

O bombardeio constante de informações e opiniões, muitas vezes divergentes, é angustiante. Para se blindar, a providência mais importante é fugir das fake news — disseminadas, principalmente, em grupos de WhatsApp.

Uma boa estratégia é se informar por meio de veículos com credibilidade, que usem fontes confiáveis. No dia a dia, tente equilibrar conteúdo jornalístico e entretenimento.

Por fim, se possível, troque o trabalho presencial pelo remoto. Isso diminui a ansiedade, pois minimiza a exposição ao coronavírus.

Mesmo em apartamentos pequenos, é perfeitamente possível montar um home office prático e funcional. Para isso, basta que o local escolhido seja bem iluminado, ventilado e tenha pontos elétricos para ligar os equipamentos.

Encarado positivamente, o período de quarentena pode ser transformador. O fortalecimento dos laços entre pais e filhos, a valorização do trabalho dos outros, mais tempo para compartilhar momentos em família, entre outros aspectos, estão entre as principais vantagens do isolamento espontâneo. Por isso, aproveite os dias de confinamento da melhor forma possível e mantenha a fé. Como dito no início do post, vai passar!

Uma boa maneira de entreter as crianças em casa é proporcionar novas formas de brincar. Continue a leitura e veja como estimular a imaginação dos pequenos!