fbpx
Conteúdo exclusivo sobre mercado imobiliário

FINANÇAS

Como programar as suas férias sem sentir impacto no bolso?

29/10/2019

Como programar as suas férias sem sentir impacto no bolso?

Programar as suas férias é uma ótima forma para evitar surpresas financeiras, que podem desestabilizar o seu orçamento. Para isso, há algumas dicas úteis que, se colocados em prática, contribuem não só para evitar um comprometimento das finanças maior do que o esperado, como também ajudam a economizar durante a viagem.

Com elas, você poderá sair de férias sem se preocupar tanto com os impostos no começo do ano, com o pagamento do financiamento imobiliário ou com as contas quando voltar. Portanto, não deixe de conferi-las!

Escolha o destino antecipadamente

O primeiro passo para programar as suas férias é decidir qual será o destino. Fazer essa escolha com antecedência é fundamental para conseguir preços melhores nas passagens e na hospedagem.

No caso das acomodações, é possível conseguir valores mais atraentes ao fechar a locação de um imóvel ou a hospedagem em um hotel ou pousada algum tempo antes da viagem. O mesmo pensamento vale para as passagens. Quando você pode pesquisar com antecedência, consegue encontrar bilhetes com preços melhores.

Programe as atividades e visitas

Antecipação é uma palavra-chave quando o assunto é conseguir viajar com economia. Isso serve não só para a compra da passagem, como também para planejar as atividades que deseja realizar em seu destino.

Escolha previamente os passeios, as visitas a locais históricos, as idas à praia ou a pontos turísticos, entre outras atividades. Dessa forma, você evita perder tempo tendo que se decidir sobre o que fazer quando chegar ao seu destino, além de prevenir frustrações com visitações a locais que precisam de reserva antecipada. Isso também é válido para economizar adquirindo os ingressos com antecedência.

Defina os meios de transporte

Um ponto que costuma passar despercebido são os meios de transporte que serão usados no local de destino. Não basta planejar apenas a ida até lá (por avião, trem, ônibus etc.), é preciso pesquisar as opções de locomoção existentes até os locais que pretende visitar.

Por exemplo, você pode descobrir que existe uma linha de ônibus que passa próxima a uma praia, em vez de pagar caro para ir até lá de carro. Também pode encontrar opções diferenciadas, como passeios de balsa, de trem, de barco etc., que levem você e a sua família até onde desejam — e ainda proporcionam uma experiência diferenciada.

Tire férias em épocas de baixa temporada

Tirar férias nos períodos de baixa temporada é uma ótima forma de diminuir gastos e fazer o seu dinheiro render mais. Nesse sentido, os meses de março a junho e de agosto a novembro são boas alternativas, porque fogem dos recessos escolares e das festas de fim de ano. Evitar feriados nacionais também é uma boa saída.

Nesses períodos, os valores costumam ser mais baixos, especialmente os de acomodação. Porém, não deixe de pesquisar todas as opções também nessas épocas, para conseguir preços melhores.

Separe um valor para quando voltar de viagem

Ao sair de férias, quem está contratado pelo regime CLT recebe o adiantamento de férias, ou seja, a remuneração que ganharia no início do mês seguinte é antecipada. Dessa forma, é possível descansar e viajar tendo mais recursos financeiros a disposição.

O problema é que, ao retornar para o trabalho, a pessoa não receberá o seu salário normalmente, pois, como mencionado, essa quantia foi adiantada. Isso pode se tornar uma armadilha financeira se não houver um bom planejamento das economias, uma vez que o dinheiro poderá ser gasto nas férias, não sobrando para pagar as contas ao voltar delas.

Aluguel, custos do financiamento imobiliário, fatura do cartão de crédito, entre outras despesas ficarão atrasadas, gerando multas e juros. A fim de evitar esse tipo de problema, lembre-se de guardar uma parte da sua remuneração antes de viajar, para ter como pagar as suas contas ao voltar. Se possível, adiante os pagamentos para evitar que se esqueça deles ao retornar, ficando com pendências.

Programar férias é um passo importante para não ter imprevistos durante e depois delas. Se seguir as dicas acima e realizar um bom planejamento financeiro, você poderá aproveitar o seu momento de descanso com mais tranquilidade.

Agora que você já sabe sobre as dicas, aproveite e compartilhe este artigo nas suas redes sociais para que os seus contatos também descubram como prevenir problemas financeiros ao saírem de férias!