fbpx
reserva de emergência

Como planejar sua reserva de emergência

Planilha de compras de supermercadoPowered by Rock Convert

Uma reserva de emergência pode ser um alívio em diversas situações financeiras, principalmente diante de imprevistos, que geralmente demandam gastos que estão além do orçamento familiar. 

A reserva funciona como um investimento que deve servir de base caso as finanças saiam do previsto. Assim, ela ajuda a evitar endividamentos com empréstimos bancários, pagamento de juros e até problemas emocionais decorrentes da preocupação com a vida financeira.

A reserva de cada um deve ter características específicas. Também deve ser investida em ativos de alta liquidez e baixa volatilidade, para que não ocorram surpresas no momento de resgate. 

O tamanho da reserva deve variar de acordo com os gastos habituais, considerando possíveis aumentos, para que o valor seja bem dimensionado em caso de necessidades. Quando a reserva é usada, ela também precisa ser recomposta o mais rápido possível.

Como planejar a reserva de emergência?

Para iniciar uma reserva de emergência é necessário analisar as finanças em sua totalidade, organizar hábitos e registrar o máximo possível. Com dívidas é mais difícil economizar para arrecadar fundos.

Depois, é preciso considerar aspectos como profissão, salário, gastos fixos, quantidade de dependentes ou filhos, e outros fatores que irão ajudar a definir o valor da reserva. Ele deve ser planejado para cobrir entre 6 e 12 meses de despesas, incluindo possíveis variáveis.

Onde aplicar a reserva de emergência?

reserva de emergência

A reserva de emergência pode ser aplicada em transações com baixíssimo risco de desvalorização e alta liquidez, que podem ser resgatados no mesmo dia se necessário. Ela não tem como objetivo o ganho de capital, como os investimentos no mercado de ações, mas sim a proteção contra possíveis efeitos da inflação.

Portanto, três possibilidades de produtos para as reservas de segurança são: Fundo de renda fixa, CDB (certificado de depósito Bancário) do banco em que o cliente é correntista ou títulos públicos como o chamado Tesouro Selic.

O fundo de emergência deve ser a prioridade de todo investidor, com a preparação para os imprevistos antes de qualquer aumento no patrimônio. Para evitar o uso, uma ideia é a criação de uma conta apenas para a reserva de emergência, que também pode ser uma poupança.

A contratação de especialistas em investimentos para uma consultoria pode ser bastante útil durante toda a organização financeira, seja no âmbito pessoal ou no profissional, no caso dos empreendedores.

Quando usar a sua reserva de emergência?

reserva de emergência

Mesmo com o planejamento adequado, não é raro ver pessoas comprometendo as suas reservas de emergência. Isso pode ocorrer com a compra de produtos específicos (roupas. passeios, idas a restaurantes e afins) ou até mesmo com o que considere uma necessidade que não pode esperar, como um pressurizador de água residencial, por exemplo.

As pessoas podem utilizar erroneamente as suas reservas de emergência em investimentos que podem ser feitos com mais planejamento, desejos imediatos ou necessidades, que muitas vezes surgem de repente.

A realização de projetos ou compra de equipamentos também podem ser planejadas com antecedência, e não devem tirar o foco da reserva de emergência. O mesmo ocorre com supérfluos, como bolsas ou sapatos, e situações como viagens ou idas ao cinema, por exemplo.

Já diante de uma grande quebra na residência, demandando a realização de um projeto hidráulico residencial completo, por exemplo, ter uma reserva pode ser importante. Assim evitam-se empréstimos no banco, principalmente se o conserto demandar bastante investimento e acontecer de uma hora para a outra.

As situações para as quais uma reserva deve ser feita estão mais relacionadas à problemas de saúde. Também envolvem acidentes, necessidade de viajar de última hora, desemprego, entre outras. A reserva pode servir para o pagamento de tratamentos, exames em uma clínica ultrassonografia e medicações. 

Seja para um problema complexo ou para um botijão de gás que acabou antes do planejado, trata-se de um recurso importante para a saúde financeira de qualquer pessoa, proporcionando um grande alívio quando é necessária, desde que construída corretamente. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.