fbpx
Conteúdo exclusivo sobre mercado imobiliário

CONDOMÍNIO

Dia do síndico: confira as habilidades de um síndico de sucesso

30/11/2019

Dia do síndico: confira as habilidades de um síndico de sucesso

Por trás de toda boa gestão e manutenção dos serviços de um condomínio, está sempre um bom síndico! Afinal de contas, é ele que tem a responsabilidade de cuidar das finanças do condomínio, da cobrança de multas ou coleta de rateios dos condôminos, da prestação de contas para a comissão, entre muitos outros encargos.

Como comemoração ao dia do síndico, celebrado no dia 30 de novembro, elaboramos este artigo compilando as características fundamentais que todo síndico de sucesso deve ter. Ficou curioso? Então continue a leitura! Vamos lá?

Responsabilidade e disciplina

O gerenciamento de absolutamente todas as contas do condomínio é de responsabilidade do síndico, por isso é necessário que ele tenha, no mínimo, senso de organização, disciplina e responsabilidade, além de comprometimento com as atividades.

Tolerância

Ser paciente e tolerante para lidar com os mais variados perfis de condôminos e saber ouvir as suas reclamações é um atributo fundamental para qualquer síndico.

Afinal, ele será sempre o primeiro a ser avisado quando surgir algum problema no condomínio, por isso precisará ter bastante equilíbrio e ponderação para buscar soluções rápidas e efetivas. Em outras palavras, ele deve agir em vez de reagir.

Boa comunicação e oratória

É necessário que o síndico saiba expor as suas propostas e defender os seus projetos de modo que todos compreendam com clareza, sem deixar margem para nenhum tipo de dúvida.

Além disso, ele também precisa saber ouvir e interpretar o que ouve para conseguir colocar em prática as vontades e opiniões dos condôminos — pelos menos aquelas que fazem sentido e que visam o bem comum de todos.

Honestidade e transparência

Diante da importância das tarefas e atividades desempenhadas por esse profissional, é indispensável que ele seja um ser humano honesto e íntegro.

Afinal de contas, cuidar do pagamento de contas, fazer orçamentos, investimentos e gerir o fundo de caixa são funções que têm influência direta no âmbito financeiro de todos os condôminos. Por isso, o trabalho precisa ser bem-feito e não haver nenhuma possibilidade de desvios de verba ou má utilização dos recursos financeiros.

Conhecimento sobre legislação

Para fazer uma boa gestão, é necessário que o síndico conheça, pelo menos, o mínimo sobre algumas leis que dizem respeito aos assuntos tratados em um condomínio.

Questões tributárias e jurídicas sobre a terceirização de serviços, por exemplo, devem ser levadas a sério pelo síndico, porque caso haja má conduta, haverá possibilidade de processos judiciais ou indenizações que serão arcados por todos os moradores.

Além disso, assuntos sobre assembleia de moradores, reuniões e eleições deverão ser tratados com seriedade e realizados de acordo com o Novo Código Civil, e não de acordo com o regulamento interno do condomínio.

Como visto, não é todo mundo que consegue ser um síndico de sucesso, já que, independentemente da função que exercemos, alguns atributos e habilidades são requeridos para que alcancemos a excelência — e com o trabalho de síndico isso não é diferente.

Gostou do artigo? Então, compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais e permita que os seus amigos e seguidores conheçam um pouco mais sobre a nobre função de gerenciar um condomínio!


Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *